sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Utopias parisienses.

- Eu sei, daqui uns vinte anos você quer acordar num dia chuvoso, numa casa com uns cinco gatos, tomar o café da padaria do lado do seu apartamento e ir à Notre Dame dar bom dia à Joana D’Arc antes de ir ao seu trabalho de intelectual fudido que te faz tão completa.
- Você não sabe. Viveria numa cidade de calor infernal, com cinco cães e trabalharia em qualquer repartição pública se eu tivesse apenas uma coisa que me faria bem mais completa do que qualquer outra coisa bonitinha do mundo.
- Você?
- Sim. Você.